Amadurecência

Não, você não entrou no blog errado. Só entramos – eu e ele – em uma nova fase e isso merece um layout novo, novos objetivos, novas ideias.

Tudo é diferente agora. Tudo vai ser diferente daqui para a frente, muito mais do que já era, se é que isso é possível.

Os trabalhos já começaram. Muitas expectativas, horas e horas de planejamento à frente, um sorriso no rosto só de pensar nos dias especiais que estão por vir.

Bem vinda, fase nova =)

P.S. Aham, em breve mais informações. Eu sei que tudo isso aí de cima não diz nada, mas é para não dizer mesmo.

Fazendo a trouxa


Hey!

Fazer malas é um processo complicado, ainda mais quando se é mulher. Tem taaaaantas coisas que são indispensáveis ao nosso dia-a-dia, não é? Mas devo dizer que eu mereço um troféu desprendimento, de tão levinha e compacta que a minha mala ficou.

Parti da seguinte lógica: poxa, quanto mais coisa eu levo, mais coisa eu tenho que trazer na volta! E eu sei que os preços por lá são irresistíveis e sei que vou gastar todo uma parte do meu dinheiro em compras, ah vou. Então, não estou levando muitas roupas e, dentre essas que estou levando, estão indo coisas velhas e descartáveis. Aham, eu serei meio que a mendiga de Dublin no começo :P

Olha a lista do que estou levando:

– 1 sobretudo
– 1 casaco
– 3 calças jeans
– 1 calça e camisa social
– 1 calça legging
– 4 blusas de frio grossas
– 7 blusas de frio finas
– 4 pijamas
– 7 camisetas
– 4 blusinhas
– 3 saias
– 2 shorts
– 5 vestidos
– 1 vestido de festa
– 2 sacolas de pano
– 1 bolsinha para sair
– 1 cinto
– 2 pares de luva
– 1 gorro
– 5 pares de meias
– 3 meias-calça grossas
– 1 bíquini
– 15 calcinhas e 5 sutiãs
– 2 sapatos
– 1 tênis
– 1 bota
– 1 chinelo
– 1 sandália rasteirinha
– 15 cartelas de anti-concepcional
– 1 cartela de remédio para cólicas
– 2 óculos de grau
– 1 óculos de sol
– 2 toalhas de rosto e banho
– 14 sabonetes
– 2 Gilletes
– 1 tesoura
– Shampoo / Condicionador
– 14 absorventes
– 150 cotonetes
– 1 perfume
– 1 body splash
– 1 creme hidratante
– 1 demaquilante
– Bijouterias diversas
– 3 livros de inglês
– 1 caderno para estudo
– 1 bloquinho de post-it
– Adaptador de tomada
– 1 notebook
– 2 guias
– 1 livro sobre a história da Irlanda
– 1 agenda
– 1 caderno de anotações pessoais
– 1 estojo de lápis e canetas

Tudo isso dividido em uma mala grande com menos de 30 Kg e uma mala de mão com menos de 10 Kg. Genial, não?

Um mega e especial agradecimento a:

– Mamis, pela inteligência e estratégia infalível para arrumar malas! Além de lavar as roupas, passar amaciante e dedicar muito carinho s2

– Papis, por conseguir uma balança emprestada em tempo recorde, para pesarmos tudo.

– Vô Vicente, pelo apoio e comentários estimulantes: “Uaaaai Sô! Se ficar muito pesado a gente paga a diferença!”.

Check-list final:

– Assentos reservados, depois de horas e horas naquele site idiota da Ibéria.
– Despedida no aeroporto agendada e comunicada aos amigos.
– Custo do táxi do aeroporto-casa da host family calculado. Hein?

Pois é! Descobri que existe um site na Irlanda em que você consegue calcular quanto custará a sua corrida de táxi! Ajuda a decidir se você optará por esse meio de transporte ou não (SIM, no nosso caso #Óbvio) e a ter uma idéia de preço, para ninguém te passar a perna (como poderia ser o nosso caso). Olha o site aí, para quem está curioso: http://taxiregulation.nationaltransport.ie/for-users/tax-fare-calculator/

P.S.: Hoje teremos o último jantar em família! E qual será o menu? Alguma massa, como de costume nesta residência =)

P.S.: Falta 1 dia! Amanhã, nesta exata hora, o avião estará partindo =)

Até!

Quanto custa a realidade

Hello!

Sabe, neste exato momento eu posso dizer que aquele bloqueio, pânico, ansiedade e medo já não estão mais aqui. É engraçado, não é? Desde que decidi fazer o intercâmbio senti, nesta ordem, empolgação (ao fechar o contrato), euforia (ao descobrir tudo de incrível que essa viagem poderia me oferecer), ansiedade (quando os dias demoravam para passar), medo (quando percebi que os dias estavam passando rápido demais), pânico (ao começar a pensar nas despedidas de quem eu amo), bloqueio (quando eu mais precisava me concentrar para organizar tudo) e, por último, serenidade, paz e tranquilidade, quando tudo está prestes a acontecer.

E vai acontecer. Cada vez isso fica mais claro para mim, mesmo quando ainda parece tão distante. Mas é fato: em muito breve, morarei um ano na Europa. Morarei um ano na Europa. Um ano na Europa. Um ano. Europa. Pura realidade agora.

Será que essa é a ordem normal dos sentimentos, quando se trata de fazer um intercâmbio? Ou isso é mais uma coisa de Talita? Bom, seja como for, posso dizer que estou feliz. Vai ser duro dar tchau para as últimas pessoas (as mais essenciais) no aeroporto? Ah, vai. Mas eu viro uma dose de cachaça, sacudo a cabeça, engulo o choro e sigo em frente. E que Deus continue me ajudando, como Ele tem feito, de forma tão incrível, até aqui =)

Passadas as divagações, vamos atualizar as últimas novidades:

– Agora, oficialmente, estou desligada da empresa. Assinei os papéis no Sindicato. Triste? Não, entendo que foi um ciclo muito bom da minha vida que se fechou, para que outro comece.

– Tirei uma folga para curtir um dia especial com a pessoa mais importante da minha vida. Passeamos, comemos, fizemos compras, fomos ao cinema, conversamos, nos abraçamos e beijamos. Curiosos? Ela, a única, inigualável, perfeita, maravilhosa Rosemary Campos Rossi de Lima, minha adorada Mamis!

– Fiz a minha última compra de euros, finalmente atingindo a quantia que permite a minha entrada no país. Comprei alguns trocados em moeda também, para facilitar =)

– Roupas, sapatos e afins meio que 78% dentro da mala. E a boa notícia é que eu acho que caberá tudo, hehe.

– Faltam 3 dias!

See you!

Amor, origem, família

Olás!

Desculpem a ausência, mais uma vez. Acontece que, quando se está em casa, o tempo passa rápido de mais e a lista de coisas a fazer vai aumentando. Somem a isso o fato de que estive com um bloqueio criativo por conta do pânico crescente e evitei tocar neste assunto do intercâmbio por alguns dias (como se fosse possível, mas tudo bem).

De novidades, posso dizer que está quase tudo pronto. Documentações, mala comprada, roupas limpas e perfumadas, livros separados, remédios comprados. Falta só juntar a trouxa e por nas costas. É, acabou a fase gostosa do planejamento.

E tive a minha última despedida, deixada para o último final de semana por se tratar das pessoas mais especiais que existem e que estão conectadas comigo por algo tão forte, que é indestrutível. É o amor. É a origem. É a família.

A despedida foi comemorada em conjunto com o aniversário de 30 anos da minha querida prima Aracelli (para os curiosos, significa altar do céu). E tava quaaaaase todo mundo, o que significa muita gente.

E teve comida para um batalhão, música, sessão de fotos, recomendações especiais, carinhos das vovós e dos vovôs, palhaçada com os primos, bolo, doce de abóbora, chororô, risadas, presentes, carinho.

E foi extremamente difícil dar tchau para essas pessoas. Foi horrível pensar que ficarei tanto tempo sem vê-las, mesmo que não nos vejamos com tanta freqüência. É filha, você pensou que seria tudo fácil?

Acompanhem as fotos e vejam como os Rossi e os Lima se parecem ♥

Este slideshow necessita de JavaScript.


P.S.: Um agradecimento especial à presença do João Mário, Alex Simão e Milene Vitória, meus amigos mais antigos e que estão sempre comigo.

P.S.: Aracelli Lima, eu adorei compartilhar a festa contigo! Não teria sido tão especial assim se você não tivesse participado.

P.S.: Victoria Lima, sua bitch. Eu quase que desisto de ir por sua causa. E isso significa muita coisa. Te amo, amo, amo, amo, meu orgulho.

P.S.: Tia Rute, Vó Nena e Vô Zenas, a emoção do abraço que vocês me deram ainda está gravada em mim. E me dá vontade de chorar até agora.

P.S.: Carlos Roberto Sponteado, obrigada por dividir o seu dia e o seu amor comigo. E me desculpe por estragar tanto a sua vida.

P.S.: Mamis e Papis, mais uma vez, obrigada pela festa, ajuda, força, amor e toda a comida. Estou levando a imagem de vocês dois de avental e toquinha no meu coração.

P.S.: Por fim, para provar que o meu bloqueio passou, segue a contagem regressiva: faltam 5 dias.

Até mais!

Como é grande o meu amor por vocês

Hello :)

Se eu sempre vou iniciar alguns posts com trechos de músicas de cantores de MPB? Não, eu juro que não é proposital. É só que alguns momentos especiais vêm acompanhados de trilha sonora, sabe?

O momento em questão foi a minha despedida dois, no último domingo. O lugar? Minha casa. O cardápio? Feijoada. As pessoas? Família, que não é do meu sangue, mas que é minha família, sim senhor.

E teve música alta, dança no meio da sala, milhares de latas de cerveja, abraços e beijos, como sempre tem com eles. Mas teve também textos bonitos do Seu Zé Maria e do Allan – os poetas e um vídeo tão, mais tão emocionante da Tábatha, que me fez chorar compulsivamente por longos minutos – fato inédito até agora.

E foram tantos os desejos de boa sorte e sucesso, tantos os conselhos e recomendações, que eu me sinto completamente amparada agora. E não sai da minha cabeça o que disse a Hedynha: “Se der alguma coisa errada, você grita “HELP ME!” e vamos lá e “UAU”, te trazemos de volta”.

E, depois de tudo isso, ainda sou convocada à sala para uma música em minha homenagem, cantada por uma roda de pessoas lindas. E essa era a música:

Como é Grande o Meu Amor Por Você
Roberto Carlos

Eu tenho tanto pra lhe falar
Mas com palavras não sei dizer
Como é grande o meu amor por você

E não há nada pra comparar
Para poder lhe explicar
Como é grande o meu amor por você

Nem mesmo o céu nem as estrelas
Nem mesmo o mar e o infinito
Não é maior que o meu amor
Nem mais bonito

Me desespero a procurar
Alguma forma de lhe falar
Como é grande o meu amor por você

Nunca se esqueça, nem um segundo
Que eu tenho o amor maior do mundo
Como é grande o meu amor por você

Mas como é grande o meu amor por você

Ah, assim vocês acabam comigo *________*

Este slideshow necessita de JavaScript.

P.S.: Agradecimentos especiais ao papis e a mamis, pelo planejamento e organização do encontro, além de cozinharem uma incrível feijoada para mais de 40 pessoas. Vocês são os meus heróis ♥

P.S.: Pontos extraídos da boca, procuração assinada e entregue no banco, demissão em processo no RH, livros de inglês sendo usados novamente. Tudo caminhando.

That’s all, folks!

Eu não mereço essas pessoas

Oi!

Me desculpem pela ausência. Passei por um procedimento cirúrgico extremamente traumático (extraí os quatro dentes do juízo, de uma só vez -.-) e a única coisa que eu queria era passar horas e horas no sofá, sendo mimada pela minha mamis*____*

Bom, como vocês sabem, eu saí do trabalho e estou desempregada. Se isso me assusta? Pra caralho! Eu não sei o que é ficar sem trabalhar desde que eu tenho 14 anos! Mas farei o possível para me acostumar a esta curiosa liberdade. O.O

Mas eu não vim aqui para falar disso. Eu vim aqui para falar de pessoas especiais, que muito além de me desejarem boa sorte, sucesso e muito mais, tomaram providências para que eu não as esquecesse jamais (como se fosse possível).

O resultado disso é que eu saí dos últimos dias do trabalho com um verdadeiro carregamento de coisas lindas, carinhosas, emocionantes, úteis e com significado especial. E isso me emocionou de um jeito tão profundo que eu precisei criar esse post para tentar demonstrar o que estou sentindo (porque eu sou bem melhor escrevendo do que falando, aprendam isso).

Obrigada por estarem ao meu lado neste momento tão importante da minha vida. Sabe, ter vocês aqui me traz uma tremenda responsabilidade! Eu não posso decepcionar toda a expectativa, todo o apoio, todo o carinho de vocês. Isso precisa dar certo, eu preciso dar certo. O que é bom, pois me faz querer ser melhor do que eu já estava planejando. Obrigada por isso também.

Vocês moram no meu coração. Para sempre.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Obrigada a:

– Ana Ferreira, pela caixa de chocolates. Se eu tiver apenas um tantinho do seu espírito aventureiro e autenticidade, conseguirei aproveitar 100% da viagem.

– Carla Nagabe, pelo livro tão inspirador. Desde quando te conheci e até hoje, você continua me ensinando…

– Carlos Roberto Sponteado, pelo desenho da Sakura. A mágica que você traz para a minha vida me faz incrivelmente feliz.

– Gersileine Ayram, pelas luvas lindas e roxas. Quero sempre ter perto de mim pessoas competentes, animadas e de bem com a vida, do jeitinho que você é.

– Juliana Miyazaki, pelo gatinho japonês e caderninho. Como eu queria que você tivesse aparecido há mais tempo na minha vida…

– Lulus do Marketing, pela camiseta mais cheia de significados do mundo. Vocês sempre foram sinônimos de diversão e alegria para mim.

– Meninas do Núcleo Diferenciado, pelo mega-power-ultra adaptador de tomadas. Se existissem mais pessoas como vocês, o mundo seria um lugar melhor.

– Pessoal do Automóvel, pela linda cesta de chocolates e flores. Se eu sempre tiver clientes incríveis como vocês, serei a mais feliz das profissionais.

– Pessoal do Marketing de Produtos, pela cesta de chocolates e pela Pucca. Para mim, vocês são mais do que uma equipe, são uma família.

Eu não mereço vocês mesmo.

0 dia – Parte 1


O que você faz quando abre seu computador do trabalho, logo cedo e se depara com essa imagem? Entra em pânico? Abre um champagne?  Começa a chorar? Ou dar risada?

Eu juro que não sei o que estou sentindo agora. É uma mistura de alívio com tensão, alegria com tristeza, desprendimento com apego.

Mas uma coisa é certa: estou feliz e completamente certa da minha decisão. E um passo a menos me separa da Irlanda agora =)

P.S.: Agora que terei os dias livres, conseguirei finalizar o planejamento da viagem, voltar a estudar inglês, finalizar as documentações. Muitas novidades e posts a caminho, folks!

P.S.: Acabei de ver meu namorado entrando no andar para trabalhar, coisa que eu tanto gosto, pela última vez na vida #Sad

Até mais!